Decifrando o Tabuleiro

Próxima turma:
Rio de Janeiro: sem data programada
São Paulo: 22 de julho de 2017, no Largo do Arouche


O Tabuleiro é um método de 22 posições. A interpretação é feita de acordo com a atribuição de cada casa, associada a um dos 22 Arcanos Maiores do Tarot, além das diferentes interações entre as mesmas, revelando projeções para o futuro, padrões de comportamento e caminhos (soluções) para lidar com as questões que precisam de maior atenção.

tabuleiro

O trabalho é 100% prático. Cada participante monta o seu Tabuleiro e é orientado na interpretação. Ele aprende com o seu próprio jogo e acompanhando o jogo dos demais. Leve o seu baralho.

O Tabuleiro pode ser interpretado com a combinação de um Maior e um Menor por casa. Para o workshop serão utilizados apenas os Arcanos Maiores sem qualquer prejuízo nas leituras. Como pré-requisito, é importante estar familiarizado com os 22 Trunfos e ter  alguma prática com outros métodos – seja um profissional de atendimento ou não.

Além do workshop, todos os participantes são posteriormente inseridos (se assim desejarem) em um grupo privado, no Facebook, onde analisamos jogos e trocamos experiências.

Workshop no RJ, no Crystal Healing
Workshop no Crystal Healing, RJ

A reserva é garantida com o depósito antecipado em conta corrente. Entre em contato comigo (99803-0970 – voz ou WhatsApp) ou com Rosa Vento para pegar os dados e depois encaminhar o comprovante.

Para qualquer outra dúvida, também pode me passar mensagem por email.

  • Priscilla Lhacer

    Fiz este curso há algum tempo. O tabuleiro é o jogo mais completo que eu conheço, a quantidade de informações que podem ser extraídas dele é impressionante. Não conheço outro professor no Brasil que apresente o método com a mesma profundidade que o Marcelo Bueno. Ele é bastante didático, conhece o assunto com profundidade e é paciente em explicar o passo a passo do processo. A cereja do bolo é que os alunos ainda são convidados a participar de um grupo no Facebook para a troca de experiência sobre suas tiragens, onde o professor continua acompanhando de perto a evolução de cada um no uso do tabuleiro.

  • Bruno Bazzoli

    O tabuleiro é um jogo que oferece um raio-x da vida do consulente. Sua proposta passa por 22 casas de significados próprios e pode combinar arcanos maiores e menores. Ou seja, é uma leitura ampla e profunda, para quem precisa traçar um panorama completo em uma jogada. Apesar de tudo isso, Marcelo consegue dialogar super bem com seus alunos e o conteúdo é transmitido de forma muito simples. Super recomendado para quem gostaria de enriquecer suas leituras de tarô.

  • Edy De Lucca

    Bem, falou em Tabuleiro, está falando de Marcelo Bueno.Ele é o grande conhecedor desse método e ensina como ninguém a aprofundar a leitura a partir de percepções finas e, as vezes, até menos ortodoxas… A sua generosidade, já manifesta no rico e aberto acervo de conhecimentos em seu brilhante blog Zephyrus, se estende quando oferece o grupo de estudos no face. Imperdível!
    Edy De Lucca

  • Nivia Peggion

    Fiz o curso com o Marcelo e desde então tenho estudado bastante o sistema. Prefiro chamar de sistema porque inclui tantas variantes e possibilidades de abordagem que acho que vai além de um método. Em um primeiro momento, alguém que ja conheça tarot e tenha um pouco de experiência pode ter a idéia de que seja algo assim A+B=C, só que não é nada disto, isto sem sombra de dúvidas seria simplificação ingênua e não indico este pressuposto sobre o sistema e nem sobre a interpretação e o olhar sobre os arcanos maiores que o professor nos brinda. Pontos altos do curso – A apresentação do sistema de forma direta e pontual que se amplia conforme o curso se desenrola. As inúmeras possibilidades de leitura que são apresentadas claramente aos alunos. E especialmente o exercício de interpretação, que repito, vai muito, muito além da visão clássica e usual das cartas, sem cair no esquisoterismo. Pontos de ajustes – Merece ser mais extenso, merece ser complementado com oficinas de prática talvez usando leituras experimentais com o acompanhamento do profe, merece credenciamento no MEC. Recomendo

  • Edna A Gonçalves

    Assisti o seu video demonstrativo e gostei muito. No entanto, ficou uma dúvida, principalmente na tiragem do LABIRINTO, pois são muitas cartas (7): Quando você vai dispor as cartas no tabuleiro, qual o critério usado para colocá-las em uma casa ou outra? Por exemplo, no LABIRINTO, por que as 7 cartas usadas foram dispostas naquelas casas específicas? Qual o critério usado? Acredito que não seja à sua escolha, pois você sabe que a casa 12, por exemplo, é a casa do Pendurado e assim por diante… Assim, a leitura seria feita de forma pré estabelecida. Desculpe se não me fiz entender bem, mas, pelo seu video não dá para entender como é feita a distribuição das cartas no tabuleiro. Ficarei muito grata se me orientar. Resido em outro Estado, e não dá para fazer um curso com você, o que me daria imenso prazer, pois suas referências como tarólogo são muito boas. Aguardo resposta. Obrigada Edna.

    • Oi, Edna. Embaralho as cartas e as distribuo conforme o modelo que você vê no post (3 linhas de 7 cartas, mais uma carta extra, que representa o tema). O labirinto é definido pelas próprias cartas: se tenho a Morte na casa do Louco, vou até à casa 13. Se lá encontro a Torre, abro a casa 16… e sigo assim até que o Louco apareça, o que me levará de volta à primeira abertura. Entendeu? ;)

      • Edna A Gonçalves

        Obrigada pela atenção.
        Ficou, ainda, uma dúvida: nos três tipos de tiragem do TABULEIRO: Tiragem Por Carta, Tiragem em Dupla e Tiragem do Labirinto, é OBRIGATÓRIO utilizar as 22 cartas dos Arcanos Maiores ou não? Se não, quantas cartas posso utilizar para cada uma dessas três tiragens?

        • Edna, o jogo é o mesmo. Eu só ensino no curso três formas de abri-lo. Seja como for, no final eu terei interpretado as 22 casas.

        • Lendo aqui, 2 anos depois, e acho que não respondi o que você perguntou, embora fale disso no vídeo: é “obrigatório” o uso dos 22 arcanos maiores porque eles me dão navegação para ler em dupla ou no labirinto. Se eu quiser embaralhar os 78 arcanos para dispor nas 22 posições, ok, mas a minha leitura será limitada a interpretar casa a casa de forma estanque, entende?

  • Rose Yoshimoto

    O tabuleiro é um mapa preciso e completo. Através das 22 casas, descortinam-se histórias reveladoras e profundas do nosso momento.
    E o olhar profissional e atento do Marcelo, facilita o processo de aprendizagem dessa técnica. E ele não compartilha do seu conhecimento somente nos cursos. Ele nos dá suporte também, através de grupos de estudos no face, esclarecendo, dividindo e tirando dúvidas. Super recomendado, para aqueles que buscam uma técnica de tiragem de tarô, completa, inspiradora e criativa!

  • Ivana Mihanovich

    O Tabuleiro é riquíssimo, Marcelo Bueno é um mestre incansável – e generoso como é raro ver. Para quem quer sair do óbvio, esse curso é simplesmente essencial. Se for no Arouche, então, com o acolhimento de Edy de Lucca, aí é literalmente imperdível.

  • Lá fui eu de “astróloga infiltrada”, no Arouche – Edy De Lucca, para participar do workshop (tão esperado) do Tabuleiro, com Marcelo Bueno. Tenho uma paixão confessa pelo Tarot. Ano passado uma aluna de Astrologia – que também é taróloga – fez o curso no Rio de Janeiro. Postou comentários no facebook e fiquei intrigada, curiosa e querendo estudar aquilo que a havia arrebatado e do qual ela falava tão bem. Naquele momento decidi que faria o workshop do Tabuleiro com Marcelo Bueno. Cheguei quietinha, pensando comigo “cara, aqui só tem feras do Tarot!” Acreditem, à medida que foram falando fui tendo certeza que eram todos mestres, e eu, iniciante e aprendiz. Mas corajosamente botei a atenção toda no que Marcelo ensinava. Ele é fantástico, didática irrepreensível, bem humorado, cheio de energia e domina o tema. Marcelo Bueno também é paciente e generoso ao ensinar. O Tabuleiro é algo que transcende o oracular, pois proporciona uma leitura direta e assertiva. As perguntas se tornam desnecessárias, pois a história está toda ali, no jogo aberto. Os fatos se mostram e a alma se desnuda. Fiquei maravilhada com o método que possibilita uma leitura também psicológica altamente rica. De repente começa como uma resposta a uma pergunta, e pode terminar como uma sessão de terapia altamente eficaz. Quase uma terapia breve. Recomendo o workshop, seja vc mestre, aprendiz, expert ou iniciante.

  • Ray

    O workshop foi, sem dúvidas, a melhor experiência de aprendizado dentre os cursos de tarô. Marcelo Bueno, incansavelmente generoso, demonstra um conhecimento profundo (não só do tabuleiro) mas sobre a linguagem dos arcanos em geral. O trabalho é completamente prático, pelo que, (como ele recomanda), é interessante ter alguma noção sobre os arcanos maiores.

    O que realmente me surpreendeu profundamente é o Grupo de Estudos que Bueno criou. Existe uma constante troca de conhecimento e feedbacks que permite que o estudante, realmente interessado em aplicar o tabuleiro nas suas leituras, aprofunde seu nível técnico e criativo baseado no jogo. O grupo mantém registros de leituras anteriores, assim, encontramos bastante material para estudar e entender a dinâmica do Tabuleiro. É uma fonte de estudos robusta.

    Eu achei uma experiência maravilhosa e muito rica.

  • Renata Oliveira Araujo Giannac

    Ola, sou Renata e gostaria de saber quando terá um próximo workshop sobre Tabuleiro? Obrigada! Bjs