Kipper 10 – 18

Kipperkarten Salish
Kipperkarten Salish

A origem do baralho Kipper é atribuído a Susanne Kipper, em 1870. Ela era alemã e teria feito sucesso como intérprete do Lenormand em Berlim, oráculo que aprendeu junto a uma família de ciganos. Quando se mudou para a Baviera, no entanto, ficou em uma situação muito ruim, pois os grupos ciganos locais, de etnia Roma e Sinti, estavam em evidência como inimigos do Império, de modo que qualquer coisa associada a ciganos, de modo geral, não era nem um pouco bem vista.

Esclarecer que o oráculo era de origem francesa tampouco ajudava, pois a guerra franco-prussiana estava para eclodir e ela caía na mesma situação, daí ter optado por fazer um oráculo que tivesse motivos alemães para resgatar a popularidade perdida.

O Kipper é um Lenormand alemão? Não, não se trata de uma transposição de cartas maquiadas para serem aceitas. De qualquer modo, ainda volto para falar um pouco sobre Kipper, Lenormand e Sibila de forma comparativa em outro post.

Uso como ilustração o Kipper original, ainda que seja possível encontrar outras versões, como o Mystisches, o Leiding e o Salish. Estes dois últimos são muito feios, mas há gosto para tudo. O Mystisches, por sua vez, apesar de ter um acabamento gráfico mais refinado, cria ilustrações diferentes para algumas cartas, o que pode confundir o iniciante que não reconhece as lâminas pelo número ainda – a não ser que você saiba alemão, claro. :)

10. Uma Viagem (Eine Reise)

Esta é uma carta bem versátil que pode oferecer diferentes interpretações. A primeira delas é de afastamento de uma situação pela simples representação de movimento para o fundo da lâmina, dando as costas para quem observa a cena. Dependendo do contexto da pergunta e das cartas que complementam o jogo, podemos falar de fuga, que é uma leitura menos nobre e caracteriza o abandono da(s) responsabilidade(s) de uma maneira imatura ou mal-intencionada.

Outra forma de interpretar a imagem é como uma competição, em que alguém está na frente. Resta saber se é o consulente ou alguém que concorre com ele. De um jeito ou de outro, estar na frente é se antecipar a uma situação, ser o primeiro a fazer algo (empreendedorismo/inovação) ou realmente estar mais apto (mais preparado) do que os demais.

A carta pode destacar também  necessidade de fazer algo novo, de sair de um ambiente conhecido, tanto no aspecto literal (mudança geográfica ou viagem – deslocamento para longe com expectativa de retorno) quanto subjetivo, como uma mudança mais radical, no estilo “começar tudo de novo” ou, ainda, ter um novo objetivo/direcionamento na vida.

Bom, como já foi dito, viagens estão contempladas, seja a trabalho ou lazer, mas somente as de curta distância. Viagens longas, onde se necessita de um avião ou navio para alcançar o destino estão assinaladas pela carta 35. O Mystiches pode confundir nessa hora, pois usa um balão na carta 9 e um navio na carta 10.

Um trabalho marcado pela lâmina indica necessidade de  deslocamentos constantes, por sinal.

Por fim, a carta Eine Reise também fala do meio de transporte que o consulente usa ou possui. Dependendo das cartas que a acompanha, serve de alerta para boas ou más notícias. Com a carta 24, por exemplo, cuidado para não ser roubado.

11. Ganho de Muito Dinheiro (Viel Geld Gewinnen)

A imagem não é muito clara, salva o título. Os intérpretes atribuem à lâmina entrada inesperada e expressiva de dinheiro, dando como exemplos prêmios de loteria ou herança. Nunca é algo trivial, como salário regular, alertam, mas não descartaria um bônus de fim de ano, uma comissão (muito) acima da média ou um significativo retorno sobre qualquer tipo de investimento.

No Mystiches Kipper, a carta mostra uma roleta de cassino e a interpretação é que, no momento, existe a possibilidade de aumento considerável dos recursos. Seja como for, Viel Geld Gewinnen indica que a saúde financeira está bem e/ou tende a melhorar – a não ser que cartas complementarem apontem para o contrário. O Malkiel simplifica e diz que é uma “carta-mestra associada a dinheiro”, sem outras qualificações.

Se o tema não tiver nada a ver com questões materiais, a carta 11 deve ser lida com a que a acompanha no sentido de que o atributo desta cresce.

12/13. Jovem Rica (Reiches Mädchen) e Bom Jovem Rico (Reicher Guter Herr)

O Kipper é apresentado em algumas fontes como um baralho de 36 cartas, onde 6 representam pessoas e 30 se referem a situações. Então, vamos lá: já vimos que a Pessoa Principal (o/a consulente) é representado pelas cartas 1 ou 2, de acordo com o gênero. A outra pessoa forma um par regulando mais ou menos na mesma faixa etária. Pessoas mais velhas que o consulente estão nas cartas 4 e 5. Pessoas mais jovens que o consulente estão aqui, nas cartas 12 e 13.

Como, além da idade, temos algumas características específicas, volto ao ponto que nem sempre a carta identica um gênero, mas um tipo de comportamento.

A moça e o rapaz podem ser filhos, sobrinhos, irmãos, blá-blá-blá, ou ser o objeto de afeto do consulente, se houver uma grande diferença de idade. Da mesma forma que assinalei a maturidade nas cartas 4 e 5, podemos considerar aqui, não a idade biológica, mas a idade emocional, ou seja, as lâminas podem se referir ao despreparo, inexperiência ou à imaturidade da pessoa em questão.

A Jovem Rica tem como característica uma certa ingenuidade, romantismo, o desejo de levar uma vida confortável e um espírito brincalhão. É alegre e otimista. Estar entre amigos pode ser muito importante para ela e talvez a sua visão de mundo não seja muito realista.

O Bom Jovem Rico é mais ambicioso, focado na carreira e antenado com as oportunidades à sua volta. Alguém que procura segurança financeira e material e possui um espírito empreendedor.

É importante não se prender a “rico/a” como se caracterizasse pessoas de posses. Essa riqueza, em especial, vem de dentro. A não ser que cartas negativas contaminem a leitura, estamos falando de alguém que traz coisas boas ao contexto.

14. Notícias Tristes (Traurige Nachricht)

Imagem e títulos são claros. A carta assinala más notícias, desilusão, tristeza, melancolia e/ou lágrimas. Não precisa arrancar lágrimas, por sinal, mas é um período de abatimento moral. Às vezes usamos a expressão “dá vontade de chorar” quando realizamos um trabalho exaustivo que é invalidado em seguida, do tipo “tanto trabalho para nada”. A carta serve bem para descrever a situação e, mais do que isso, o estado de espírito.

Quando colada à Pessoa Principal, o consulente pode estar sentindo pena de si mesmo.

15. Bom Início no Amor (Guter Ausgang in der Liebe)

A combinação de pombas e cão fala de amor e/ou forte amizade. Apesar do título passar a ideia de algo que está começando (e começando bem), não é errado considerar uma relação de amor ou amizade consolidada e que permanece depois de um longo tempo. A carta conversa com outras da forma que se espera: amor/amizade que vem, desilusão no amor/amizade, amor/amizade por uma pessoa mais velha, amor/amizade por uma pessoa mais nova,  e por aí vai.

Mas a lâmina também avisa que o consulente receberá o devido suporte na questão em pauta, mesmo que de um desconhecido, mas que se solidariza e é sincero em suas intenções e, melhor que isso, Guter Ausgang in der Liebe é um presságio que tudo termina bem e as preocupações ficarão no passado.

16.  Seus Pensamentos (Seine Gedanken)

A carta é neutra e, de certa forma, depende de outras para fazer sentido. A imagem descreve, sem atribuir julgamentos, alguém perdido em seus pensamentos. O comportamento é reflexivo, mas se ele está preocupado, se está planejando algo, tendo uma ideia ou recordando algum evento passado, somente as cartas complementares irão dizer, incluindo o foco do pensamento.

17.  Receber um Presente (Geschenk Bekommen)

Esta é uma lâmina positiva que sugere que o consulente será presenteado ou homenageado. Considere também a possibilidade de um elogio por parte de alguém que realmente seja importante para ele ou cujo parecer sobre um determinado assunto seja relevante.

Em qualquer relacionamento, disputas e mal-entendidos são resolvidos. Se o consulente se aborreceu com algo, Geschenk Bekommen resgata o brilho no olhar. É com certo fascínio que a menina observa os peixes no aquário e estar na presença de alguém que surpreenda e/ou encante pode ser um outro atributo da carta.

O Malkiel faz um comentário curioso nesse ponto: diz que a carta é uma “pequena fortuna”, em contraponto à carta  26, que seria a “grande fortuna”. Pois bem, no exemplo que ela dá, temos 2 objetos de desejo romântico, cada um identificado por uma dessas cartas. A “pequena fortuna” (ele não falou exatamente isso, mas foi como eu interpretei), pode identificar alguém com maior potencial de sedução, com convites, elogios e agrados, mas é tudo passageiro, sendo que uma condição mais estável, próspera e segura seria ao lado da outra pessoa (a “grande fortuna”).

Os lenormândicos poderão validar ou não o que escrevo agora, mas o comentário me passou um pouco a ideia de Buquê.

18.  Uma Criança Pequena (Ein Kleines Kind)

Crianças estão presentes em diferentes oráculos falando de algo novo que está por vir, de novos começos e leveza. A carta pode se referir a uma criança mesmo, incluindo a encomenda de uma (gravidez). Algumas pessoas agem como criança e há coisas boas e ruins nisso: as boas estão relacionadas à criatividade sem condicionamentos e à pureza; as ruins podem indicar imaturidade, teimosia e birra.

Safe Creative #1311149286675