As chaves de Pedro, da Papisa e do Lenormand

São Pedro | Zephyrus Tarot
São Pedro, o primeiro Papa

Eu gosto de chaves (forma e simbolismo). Hoje, 29 de junho, é dia de São Pedro, o primeiro Papa e “aquele que carrega as chaves dos Céus”.

Nascido como Shimon, se tornou Kepha (Pedro) quando Jesus disse “sobre esta pedra edificarei a minha igreja” (Mt. 16:18). Simão, agora Pedro, é considerado, assim, pedra fundamental de uma nova tradição.

No versículo seguinte é dito: “E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus”, por isso Pedro tem como o símbolo duas chaves, uma de ouro e uma de prata.

Elas estão nos brasões do Vaticano e da Santa Sé, além de todos os brasões papais desde Bonifácio VIII (1294-1303). Uma das chaves representa a autoridade do Papa na terra, enquanto a outra representa a sua autoridade nos céus, dizem.

Apesar desta passagem bíblica, os judeus estabeleceram esta correlação entre os céus e a terra muito tempo antes. Desde a outorga da Torá no alto do Monte Sinai, junto com as 613 mitzvot, para ser exato. Na expulsão de Adam e Chavah do Gan Eden que as dimensões espiritual e terrestre foram “separadas”.  Tudo o que acontecia no âmbito do extraordinário era por mérito de poucos homens e mulheres, considerados incomuns. O certo seria escrever ‘justos’, mas não quero entrar em desdobramentos que fugiriam do assunto.

Naquele dia, no entanto, o Eterno revelou-Se para todos os presentes, sem distinção. E isso continuaria a acontecer com cada um que seguisse as Suas leis, preservando este estado de santidade. As pessoas traduzem mitzvah (singular) ou mitzvot (plural) como “mandamento(s)” quando o correto é “conexão(ões)”. Das 613 mitzvot, 248 são conexões positivas (as que “ligam” e você faz para se aproximar de D’us). As outras 365 são conexões negativas (as que “desligam” e devem ser evitadas para você não se afaste de Dele).

Curiosamente Jesus não fala de chaves para “abrir” e “fechar”. É preciso entender que “ligar” e “desligar” eram expressões bem comuns na época. Faziam referência às sanções (permissões-liga ou proibições-desliga) inquestionáveis do sanhedrim (a assembleia de juízes judeus presente em cada cidade).  A halacha (conjunto de leis judaicas) determinava o certo e o errado em qualquer questão. Como em um tabuleiro preto e branco de xadrez, não havia espaço para tons de cinza.

Isso estabelece uma regra direta de causa e efeito no lugar de argumentos como “eu não sabia”“fiz sem querer” ou “fiz com boa intenção”. O comentário não é para soar radical. Uma criança que coloca a mão dentro da gordura fervendo sofrerá as consequência disso, não importa sua inocência. O mesmo se dá em muitos aspectos da vida espiritual, por isso o “orai e vigiai” é tão importante.

Importante ter em mente aqui é o portador das chaves é aquele que decide. Também que a ação das chaves conecta ou desconecta sem meios-termos – não existe mulher “meio-grávida”.Do ponto de vista espiritual, observe com o que se conecta (liga-desliga) através de pensamentos, palavras e ações. Não adianta sair limpinho e de branco de casa se, em seguida, você se joga na lama. É bem por aí.

As chaves no Tarot

Pedro geralmente é representado com as chaves na mão direita (a mão da autoridade) e um livro na mão esquerda. No Oswald Wirth Tarot – eu gosto disso – as chaves não estão na mão do Papa, mas da Papisa. Observe, inclusive, a troca de mãos: chaves na esquerda e livro na direita.

As Chaves da Papisa | Zephyrus Tarot
As Chaves da Papisa – Oswald Wirth Tarot

Aqui as chaves de ouro e de prata simbolizam, principalmente, razão e intuição. Wirth dizia que elas serviam para acesso ao conhecimento oculto das coisas. Apenas com a união dos aspectos solar e lunar o aspirante conseguiria ver o que a natureza esconde atrás do seu véu de aparências.

Sim, eu sei que as chaves aparecem no Hierofante do Rider-Waite e todos os que o têm por parâmetro. Na maioria das vezes, no entanto, elas são da mesma cor e estão no papel de brasão. Waite trocou o título para não vincular a carta a uma tradição, mas seu Hierofante representa “o poder das chaves”. Curioso, não?

Para Rachel Pollack as duas chaves são de ouro porque “o lado escuro está oculto para quem segue a doutrina externa”. Ela considera a carta uma representação da ortodoxia, da tradição intelectual e dos códigos inflexíveis de comportamento. Considero essa visão um tanto azeda, embora verdadeira em algumas situações. É preciso avaliar o contexto do jogo como um todo.

Pedro nasceu Shimon, que deriva de shema (“ouvir”). Existe uma dimensão superior desse “ouvir” que significa obter o entendimento profundo das coisas. Quando Jesus perguntou aos apóstolos quem ele era, Shimon foi o único a dar a reposta correta: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”. 

Vachetta Tarot | Zephyrus Tarot
Vachetta Tarot

De volta ao Monte Sinai, assim que terminaram de ouvir as leis, os hebreus responderam naasse venishma (“faremos e ouviremos”). Colocado de outra forma, “faremos e [só então] entenderemos”- ou não. Do ponto de vista religioso, a frase significa a prontidão em cumprir o que foi ordenado com devoção absoluta. D’us estava falando com eles, quem O questionaria? Eles testemunharam as 10 pragas, cruzaram a pé o Mar dos Juncos, os céus trovejavam, a montanha fumegava… Eles deveriam se alinhar ao propósito de D’us, e não o contrário.

Eu já ouvi essa passagem ser dada como exemplo por sacerdotes de diferentes vertentes. Muitos a repetem para enfatizar “apenas faça, cumpra o ordenado”. Mas acatar, pura e simplesmente, seja por admiração, medo ou interesse é ter duas chaves de ouro nas mãos. Vale para qualquer coisa que se faça sem estar por inteiro na ação.

Os apóstolos repetiram o que sabiam através dos sentidos, da memória e do intelecto. Todos receberam, basicamente, os mesmos ensinamentos. Presenciaram os mesmos milagres. Shimon foi além, ultrapassando as limitações das klipot (“cascas”, em hebraico). Ele recebeu uma chave de ouro e outra de prata porque só com a chave de prata você se torna um real iniciado nos mistérios.

Estensi Tarot e o Vacchetta Tarot trazem a figura do Papa com duas chaves na mão. O Thoth Tarot quase me engana, mas o que o Hierofante segura na mão direita é descrito como um cetro com três anéis, e não uma chave.

A Papisa, na qualidade de guardiã do templo, parece trazer possibilidades mais interessantes. O neófito se aproxima e talvez ela estique a mão para que ele escolha uma das chaves. Lembra de Morpheus com as pílulas azul e vermelha?

“Esta é a sua última chance. Depois disso não há caminho de volta. Se você tomar a pílula azul a história acaba e você acordará na sua cama, acreditando no que quiser acreditar. Se você tomar a pílula vermelha, ficará no País das Maravilhas e eu te mostrarei até onde vai a toca do coelho” – do filme Matrix.

A pegadinha é que você erra se escolhe qualquer uma delas porque, como disse Wirth, as chaves precisam ser unificadas. Mas a Papisa não dirá nada, apenas exibirá as chaves – se chegar a achar que você as merece. O que ela teria para contar não pode ser expresso em palavras. A verdadeira iniciação não vem das palavras do Papa, mas do silêncio da Papisa, saiba disso. Daí eu achar que é correto que as chaves estejam aos seus cuidados.

Solução, Acesso e Êxito

Saindo do místico para o mundano, chaves abrem e fecham portas e cadeados. “Fechar”, por vezes, soa como algo negativo, como uma porta-oportunidade que fecha na sua cara. Mas não se esqueça que todo mundo passa a chave na porta de casa depois que entra. Você tranca o cadeado da bicicleta para que não a roubem. Então a chave representa abertura, no geral, mas também proteção – tudo depende do contexto.

Se você entrega a chave a alguém, isso é uma prova de confiança. No passado, dar a chave da cidade (porque  as cidades eram muradas) a um estrangeiro lhe dava passe livre para entrar e sair a hora que desejasse com a certeza de que ele não retornaria com inimigos para tomar o local. Quando alguém possui as chaves da sua casa, ela pode entrar, inclusive, na sua ausência.

Ainda hoje, receber a Chave da Cidade é uma grande honraria, sinal que se deseja que a pessoa retorne. Importante considerar que isso ocorre, geralmente, por ela ter prestado um grande serviço à comunidade.

As meninas do Rosa Vento deixam as chaves da sala e do portão da vila porque confiam em mim. Um dos problemas do Catete 92 é que qualquer um tinha as chaves da casa e do portão da vila. Os demais moradores se sentiam vulneráveis (com razão, claro) e não deram trégua até o fechamento da casa.

Lenormand de Marseille | Zephyrus Tarot
Lenormand de Marseille

Numa Mesa Real, seria correto dizer que a carta próxima à cabeça da chave é quem a possui e a carta próxima à língua é aquilo que ela abre? Não sei. Brincando com a imagem. Abrir uma fechadura pode trazer revelações, dar acesso a outro ambiente, conferir liberdade a quem estava preso ou indicar o aprisionamento de quem estava solto. Uma prece pode ser uma chave para outras dimensões, não? Assim como certos símbolos, sigilos e oferendas.

A senha de qualquer sistema é uma chave eletrônica. O próprio cartão de banco é uma chave. Dia desses penei um pouco para fazer alguns pagamentos no caixa eletrônico para o meu pai. Além do cartão e da sequência alfanumérica, o sistema pede, aleatoriamente por operação, outras chaves. Dia de nascimento (ok), ano de nascimento (ok), nome da mãe (ok), nome do pai (ok), primeiros três dígitos do CPF (droga, tive que ligar para ele para perguntar).  Isso me fez lembrar que quando o segredo é grande ou, o tesouro, valioso, ele é guardado a sete chaves. Também que uma das contas era de luz e o número do CPF vem escrito. Só pensei nisso agora, enquanto escrevia. Em outras palavras, algumas chaves (segredos) são só nossas, outras não.

Obviamente não adianta ter uma chave. É preciso ter a chave certa. A fechadura abre porque existe um encaixe perfeito. Dizemos que ela representa uma resposta ou solução por conta disso. E há pessoas habilidosas que abrem fechaduras com arames, o que significa que se você não tem a chave, talvez possa forjar uma com talento.

Ainda que você não leia este post no dia de São Pedro, fica aqui o desejo que o santo das chaves lhe conceda aquela que abra a porta que você mais precisa neste momento, seja na terra ou nos céus.

Chave | Zephyrus Tarot

10x10

O Zephyrus já teve um texto semelhante a este, mas ele sumiu quando o site foi hackeado. Lembro de fragmentos. Se era melhor ou pior nem tenho como avaliar, mas se você tem um cópia do original, manda para mim. :)

Possam todos se beneficiar!

Posts Relacionados:

About Marcelo Bueno 86 Articles
Marcelo Bueno é cartomante com especialização no Tarot. Além de editor do Zephyrus Tarot, promove cursos, workshops e atendimentos com este oráculo.